"É preciso ter um caos dentro de si para dar à luz uma estrela cintilante"

AGULHAS QUE CURAM - ACUPUNTURA

Ao longo caminho percorrido entre seu uso na terapia tradicional chinesa e sua incorporação pela medicina ocidental, a acupuntura foi posta à prova diversas vezes. Muitas agulhadas e pesquisas científicas depois, hoje pouca gente ainda duvida de seus benefícios para tratar e curar doenças e sintomas diversos.
Segundo esta terapia, nosso corpo possui um fluxo de energia (chi), que, ao ser interrompido, interfere no equilíbrio do corpo. Com a perda do equilíbrio, conseqüentemente, surge a doença.
O terapeuta trabalha este fluxo de energia vital através da inserção de agulhas em pontos específicos do corpo, com o objetivo de equilibrá-lo. Estes pontos podem ser estimulados também por pressão ou calor. O terapêuta trabalha inserindo agulhas em pontos específicos com o intuito de reativar e dar equilíbrio a fluxo de energia do nosso corpo.
Embora trabalhe com agulhas, é um método indolor. “O que a pessoa sente é chamado pelos chineses de ‘deti’, que ao traduzirmos significa ‘o despertar da energia’. É uma sensação de parestesia, de dormência. Uns falam que sentem calor, outros frio. Isso é semelhante à dor, mas não é a dor. A picada a pessoa sente, pois ela tem sensibilidade na pele, mas é bem menos indolor que uma injeção”.
Em média, uma sessão de acupuntura dura cerca de 30 minutos. Mas se a pessoa estiver num quadro muito agudo de dor, pode permanecer até 50 minutos ou uma hora numa sessão de acupuntura. Salvo a primeira consulta, que demora, em média, 1 hora e meia.
Esta terapia complementar tem seus efeitos reconhecidos na medicina ocidental, entretanto, o tratamento tradicional não deve ser substituído por esta sem o conhecimento e consentimento médico. Seus efeitos benéficos atuam de forma complementar e não substitutiva. As pessoas que fazem tratamento médico devem sempre comunicar ao seu médico qualquer que seja o tratamento complementar que estiver realizando.
O acupunturista explica que a pessoa que estiver em uma crise de dor, deve tomar o medicamento prescrito pelo médico e, através da acupuntura, haverá um tratamento que busque diminuir a dose dos remédios, que geralmente causam algum efeito colateral. “A acupuntura leva à analgesia e não produz efeito colateral. O objetivo da acupuntura é cortar o uso de medicamentos, para que a pessoa não impeça seu organismo de se restabelecer.
Todo processo doloroso é um aviso de que há algo errado com o organismo e que a pessoa precisa procurar ajuda. Na acupuntura busca-se encontrar a raiz do problema, que nem sempre é igual ao de outras pessoas. O benefício da acupuntura é geral, para tratar de tudo, restabelecer e tentar prolongar a saúde.  São inúmeros os benefícios da acupuntura. Para que se comece a ver os benefícios  o indicado é fazer no minimo 10 sessões.

A ACUPUNTURA AJUDA NO TRATAMENTO DE:

Alergias | Asma | Dermatologia | Desordens Emocionais/Piscológicas | Desordens Gastrointestinais | Desordens Imunológicas | Desordens Menstruais | Desordens Músculo-Esqueléticas | Desordens Neurológicas | Desordens Respiratórias | Diabetes | Dores Em Geral | Dores De Cabeças/Cefaléias | Fibromialgia | Geriatria | Gripes/Resfriados | Hepatite | Hipertensão | Infertilidade | Insônia | Obstetrícia E Ginecologia | Ortopedia | Osteoporose | Reumatologia | Sindrome De Fadiga Crônica | Stress/Ansiedade |



Técnicas de Tratamento

Acupuntura | Acupuntura Auricular | Acupuntura Scalpeana (Craniopuntura) | Analgesia | Eletroacupuntura |

Laserpuntura | Moxabustão | Ventosa
Estilos de Acupuntura: Acupuntura Energética | Acupuntura Estilo Chinê

Endereço: Rua Ilansa, 185 - Vila Prudente - São Paulo - SP - Telefones: (11) 2063-0496 / 2614-5984

 Responsáveis Técnicos: Dr. Helvio Cezar Abud Filho - CRO SP: 76711 | Dra. Andréia Gomes Schroeder Sguillar - CRO SP: 87927

  • Facebook Social Icon